Aba 1

Postado em 12 de Outubro às 09h38

Plantio de soja do Brasil segue atrasado com clima adverso, diz Arc Mercosul

Soja (13)

SÃO PAULO (Reuters) - O plantio de soja no Brasil havia avançado até esta sexta-feira para 9,5% da área estimada para a safra 2019/20, registrando atraso de cerca de três pontos percentuais ante a média histórica para o período, após um início mais lento dos trabalhos pelo clima seco, informou nesta sexta-feira a consultoria Arc Mercosul.

Com o tempo adverso registrado nas principais áreas produtoras este ano, o ritmo também tem forte atraso ante a mesma época da safra anterior, quando 21,1% da soja do maior exportador global estava plantada, informou a consultoria.

O plantio também está mais lento que o registrado em 11 de outubro de 2017, quando produtores haviam semeado 11,6% da safra.

"A soja brasileira vai 'bem' sendo plantada até o fim de novembro, principalmente no centro do Brasil", disse o diretor da Arc Mercosul, Matheus Pereira, ao comentar que o atraso não é um problema para safra da oleaginosa, mas pode ser um fator negativo para a segunda safra.

Até a semana passada, o Brasil havia semeado 4,4% da área, disse Pereira, acrescentando que o plantio só não evoluiu mais esta semana por "excessos de chuvas no Sul do Brasil e o atraso da chegada das mesmas para o centro do país".

Fonte: Reuters

Veja também

Teor de proteína de soja no Brasil cai, coloca vendas à China em risco19/07 Por Ana Mano SÃO PAULO (Reuters) - O teor de proteína na soja brasileira caiu pela primeira vez em quatro safras em 2018, de acordo com dados preliminares do governo, uma situação que já custou às empresas brasileiras negócios com o maior comprador, a China. O declínio dos níveis de proteína no Brasil, maior exportador de soja do mundo,......

Voltar para NOTÍCIAS