Aba 1

Postado em 29 de Junho às 08h13

Plano Safra sai nesta 4ª; recursos estariam liberados de imediato, diz FPA

Agronegócio (11)
Mas data do lançamento tardia e operação padrão de servidores do Banco Central podem atrasar concessão do crédito

O Ministério da Agricultura confirmou que a cerimônia de lançamento do Plano Safra 2022/23 será realizada nesta quarta-feira (29), às 16h30, no Salão Nobre do Palácio do Planalto, em Brasília. A pasta também informou que, além do ministro da Agricultura, Marcos Montes, o evento contará com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro.
A reunião da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) desta terça-feira (28) teve como temas o Plano Safra e o crédito rural. Segundo o presidente da bancada, deputado Sérgio Souza, os recursos orçamentários para abrir o plano de imediato, logo após o lançamento, já estão assegurados. Vale lembrar que, em fevereiro deste ano, o BNDES suspendeu as contratações de crédito pelas linhas subsidiadas do Plano Safra 2021/22 justamente por falta de orçamento.
?Não sei se abre já no dia 1º [de julho], ou se no dia 2 ou 3, mas já tem recursos orçamentários guardados para abrir o Plano Safra de imediato?, diz Souza.
A reunião da FPA também contou com a presença de representantes da Caixa Econômica Federal, que destacaram o posicionamento da instituição de tornar o agronegócio uma área estratégica dentro da instituição. Durante a coletiva de imprensa que aconteceu após a reunião, o vice-presidente de negócios da Caixa, Celso Leonardo, disse que o banco fechou o ano-safra 2021/22 com recordes, fazendo quase R$ 35 bilhões de carteira, mas que o desafio para o próximo é chegar a R$ 70 bilhões. Na oportunidade, o executivo afirmou ainda que a prioridade do banco será o atendimento aos pequenos produtores.

Garantia dos recursos
Para o ano-safra 2022/23, que tem início nesta sexta-feira (1°), o Ministério da Agricultura solicitou ao ministério da economia um orçamento no valor de R$ 330 bilhões. As entidades que representam a agropecuária no país, como a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e a FPA, estiveram mobilizadas para garantir os recursos do governo federal
Um ponto que merece atenção é que, apesar da informação do deputado Sérgio Souza, de que o orçamento para o início das operações já estaria disponível, é preciso lembrar que os servidores do Banco Central continuam em greve ? ou, como eles preferem dizer, em operação padrão.
Fontes em Brasília informam que o início das operações do Plano Safra já teriam atraso em função da data do lançamento. Mas é possível que esse atraso seja ainda um pouco maior, já que é o Banco Central que emite as cartas circulares para as instituições bancárias que operam as linhas de crédito.


FONTE NOTICIA:https://www.canalrural.com.br/noticias/agricultura/plano-safra-sai-nesta-4a-recursos-estariam-liberados-de-imediato-diz-fpa/
IMAGEM: iStock

Veja também

CCGL consegue autorização para investimento de R$ 500 milhões em sua unidade portuária, TERMASA.31/07/19 Documento foi assinado em reunião com o governador do estado, Eduardo Leite.   Em reunião no Palácio do Piratini com o governo estadual, nesta quarta-feira (24), os representantes da CCGL, o presidente, Caio Vianna e o diretor superintendente, Guillermo Dawson Júnior, com o apoio do presidente da FecoAgro/RS, Paulo Pires conseguiram a autorização para o......

Voltar para NOTÍCIAS