Aba 1

NOTÍCIAS Soja

Soja: Apesar de fundamentos positivos, mercado inicia semana com estabilidade em Chicago 14/10
Embora as últimas notícias tenham sido bastante favoráveis aos preços da soja na Bolsa de Chicago, os futuros da oleaginosa trabalham com estabilidade na manhã desta segunda-feira (14). Mais cedo, o mercado até chegou a marcar algumas altas, porém, perto de 7h20 (horário de Brasília), as cotações trabalhavam com variação de 0,25 a 0,50, testando os dois lados da tabela. Com isso,...
Ver mais
Plantio de soja do Brasil segue atrasado com clima adverso, diz Arc Mercosul 12/10
SÃO PAULO (Reuters) - O plantio de soja no Brasil havia avançado até esta sexta-feira para 9,5% da área estimada para a safra 2019/20, registrando atraso de cerca de três pontos percentuais ante a média histórica para o período, após um início mais lento dos trabalhos pelo clima seco, informou nesta sexta-feira a consultoria Arc Mercosul. Com o tempo adverso registrado nas principais áreas...
Ver mais
Soja segue em queda nesta 4ª feira em Chicago com pessimismo sobre China x EUA 31/07
Nesta quarta-feira (31), os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago operam com leves baixas, mais uma vez, diante do pessimismo do mercado frente às reuniões entre China e Estados Unidos. Rápida e inconclusiva, a rodada de conversas realizada em Xangai nesta terça e quarta-feiras pouco evoluiu nas negociações. Assim, por volta de 8h30 (horário de Brasília), as cotações perdiam entre 2,50 e...
Ver mais
Soja: Mercado estável nesta 6ª feira na Bolsa de Chicago, mas ainda sinaliza pressão 26/07
Os preços da soja, nesta sexta-feira (26), operam com estabilidade na Bolsa de Chicago, após novas baixas registradas no pregão de ontem, de mais de 8 pontos nos principais contratos. Os futuros da oleaginosa tinha pequenos ganhos de 0,50 a 0,75 ponto, por volta de 7h55 (horário de Brasília), com o agosto sendo cotado a US$ 8,83 e o novembro, US$ 9,00 por bushel. O mercado busca se estabilizar depois de receber mais notícias...
Ver mais
Com cautela, mercado da soja em Chicago retoma movimento de alta iniciado na sessão anterior 25/07
Para analista, até a divulgação do próximo relatório do USDA em agosto, preços devem oscilar entre US$ 8,80 a US$ 9,10 por bushel O mercado da soja opera no pregão na Bolsa de Chicago com leves altas nesta quinta-feira, e dá sequência ao movimento iniciado na sessão anterior que encerrou com ganhos de pouco mais de 4 pontos nas posições mais negociadas.  O mercado tenta se...
Ver mais
Soja: Em Chicago, indefinições sobre a safra e clima tiram direção do mercado 23/07
Após iniciarem o dia com estabilidade, as cotações da soja negociadas na Bolsa de Chicago voltaram a recuar no pregão desta terça-feira (23) na Bolsa de Chicago. Perto de 11h35 (horário de Brasília), os preços perdiam entre 5,50 e 6 pontos. Assim o contrato agosto era cotado a US$ 8,82 por bushel, enquanto o novembro voltava aos US$ 9,00. Na sequência, os preços amenizaram as baixas, que voltaram a variar...
Ver mais
China poderia comprar de 3,8 a 6 mi de t de soja nos EUA, diz mídia internacional 22/07
Uma nova partida do xadrez China x EUA parece estar se intensificando nos últimos dias e agora o mercado especula sobre a possibilidade de a nação asiática já estar considerando novas compras de soja no mercado norte-americano. Segundo informações da agência internacional de notícias Bloomberg, autoridades do governo chinês estariam em conversas com estatais e empresas privadas para traçar um...
Ver mais
Soja recua nesta 2ª feira na CBOT com previsões indicando clima mais favorável nos EUA 22/07
O mercado da soja opera em baixa nesta segunda-feira (22) na Bolsa de Chicago. As cotações perdiam mais de 6 pontos nos principais contratos e, por volta de 7h40 (horário de Brasília), o agosto tinha US$ 8,95 e o novembro, US$ 9,13 por bushel. Depois de um final de semana de calor intenso e tempestades nos EUA, as previsões atualizadas no último domingo indicam condições favoráveis para o Corn Belt nos...
Ver mais
Teor de proteína de soja no Brasil cai, coloca vendas à China em risco 19/07
Por Ana Mano SÃO PAULO (Reuters) - O teor de proteína na soja brasileira caiu pela primeira vez em quatro safras em 2018, de acordo com dados preliminares do governo, uma situação que já custou às empresas brasileiras negócios com o maior comprador, a China. O declínio dos níveis de proteína no Brasil, maior exportador de soja do mundo, causa problemas para exportadores que enfrentam a...
Ver mais
Colheita de soja do Brasil 2019/20 deve crescer para 123,8 mi t, prevê Safras 19/07
SÃO PAULO (Reuters) - A safra de soja do Brasil em 2019/20 deverá somar 123,8 milhões de tonelada, alta de 4,7% ante a temporada anterior, quando a produção foi atingida pelo clima desfavorável em algumas áreas, estimou nesta sexta-feira a consultoria Safras & Mercado. O aumento previsto para o novo ciclo está baseado também em um crescimento de área plantada de 0,8 por cento, para 36,631...
Ver mais
Soja opera com estabilidade em Chicago nesta 5ª e mercado busca direção 18/07
Quinta-feira (18) de estabilidade para os preços da soja na Bolsa de Chicago. As cotações da oleaginosa perdiam, por volta de 8h05 (horário de Brasília), enrtre 1,75 e 2,25 pontos nos principais contratos, com o agosto valendo US$ 8,80 e o novembro, US$ 8,98 por bushel. O foco do mercado sobre o clima dos EUA. O momento é de muita incerteza, com divergências entre os modelos climáticos e mudanças...
Ver mais
Soja: Atraso das lavouras nos EUA, câmbio e frete travam vendas da safra nova do BR 17/07
Se nos Estados Unidos o atraso do desenvolvimento das lavouras preocupa, no Brasil o que chama a atenção é o atraso dos negócios da nova safra, que se mostram mais lentos do que a média dos últimos anos. Uma combinação de fatores que ainda são muito incertos mantém os sojicultores ausentes do mercado neste momento e aguardando por oportunidades que possam trazer, principalmente, melhor renda. Nas...
Ver mais
Soja repercute números do USDA e volta a cair nesta 3ª feira na Bolsa de Chicago 16/07
O mercado internacional da soja opera em baixa nesta terça-feira (16) com os preços reagindo ao boletim de acompanhamento de safras que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe ontem, no final do dia. As cotações recuavam, por volta de 7h55 (horário de Brasília), perdiam entre 6 e 6,50 pontos, com o agosto sendo cotado a US$ 8,95 e o novembro, US$ 9,13 por bushel. O USDA surpreendeu ao aumentar em 1...
Ver mais